sábado, 20 de fevereiro de 2010

yesterday


E descubro que estou descoberta
Hoje é yesterday!
Aos poucos sobrevivo
o morar no esquecimento
Num faz e desfaz
como Penélope
desteço meadas
do tempo vencido
Andorinha de verão
não sei se é
ou foi apenas uma estação

2 comentários:

Anônimo disse...

Lindoooooo...seus versos trazem alegria ao dia quente e monótono.

Vivianne disse...

Como já te disse: simples e rebuscados, sua poesia nos leva a uma viagem de deliciosas sensações. bj